Editorial do Grupo Bandeirantes diz que modernização trabalhista mostra “sinal de vitalidade” do governo Temer

Percebo que inúmeras pessoas de bem estão confusas entre apoiar o plano para derrubar Temer ou apoiar a sua permanência na presidência até 2018. Percebo ainda uma dúvida que leva a uma questão igualmente complexa: será que nessas alturas, faltando 15 meses para as eleições presidenciais, vale mesmo à pena trocar o presidente Temer pelo Deputado Rodrigo Maia?
Com a experiência política que acumulei ao longo da vida, não me assusta uma crise política, mas me assusta e muito ver a sociedade refém e sofrendo os efeitos danosos de uma crise econômica e com a nação mergulhada numa crise política fabricada nos laboratórios do PT.
Antes que me perguntem, por que motivo me recuso a apoiar essa trama que tem como propósito único derrubar Temer, minha resposta é franca e direta: não entro nessa porque entendo que não há nada pior para a sociedade do que viver uma crise econômica. Diria ainda que, quando a economia de um país vai bem, a sociedade tem mais oportunidades de viver melhor.
A quem me pergunta, por que eu apoio a permanência de Temer até 2018? Ora, se eu confiasse nos propósitos do ministro Edison Fachin; seu eu acreditasse na imparcialidade do procurador Rodrigo Janot; se eu não soubesse das más intenções dos carniceiros do JBS; se o PT estivesse apoiando o governo Temer; Se os parasitas dos sindicatos estivessem apoiando as reformas em curso; se Lula, Dilma, Joesley e o bando estivessem na cadeia; e se apresentassem uma prova concreta de que Temer cometera crime de corrupção ou de que roubara o dinheiro da Nação, com toda certeza, todos os dias eu estaria nas redes sociais detonando Michel Temer.
Como tudo isso é exatamente o contrário, eu encerro essa reflexão afirmando o seguinte: se o PT quer algo, eu quero o contrário. Não faço, nem farei jamais acordo com um petista. Não apoio nada vindo do PT ou dos petistas. Não confio, nem confiarei jamais no PT ou nos petistas. Em tudo o que o PT estiver metido há um petista ordinário atuando nas sombras. Não dou um passo ao lado de um petista. Onde há um petista, a mentira, a farsa, a malandragem e a safadeza têm lugar de honra. SE O PT É CONTRA, EU SOU A FAVOR. LOGO, ESTOU COM TEMER, ATÉ O DIA EM QUE JANOT E FACHIN CRIEM VERGONHA E PEÇAM AS PRISÕES DE LULA E DILMA!!
Ruy Câmara.
À posição assumida hoje de forma inédita pela executiva do partido ,a favor do fechamento de posição contrária a denúncia de Janot é um primeiro passo para o PMDB buscar em todos os níveis
a organização, responsabilidade e fidelidade.

Os pronunciamentos de Assis, Gabriel Sousa, Piciani , Lelo, Moka,Raupp, e todos os presentes foram harmônicos e unânimes.

Outro tema abordado também é o cumprimento do atual estatuto mais especificamente o artigo100, que pontua a questão da contribuição financeira.

Em agosto o partido reunirá com cada direção estadual com objetivo de tratar das eleições 2018.

Também no segundo semestre haverá um encontro com todos os deputados estaduais do partido.

Essas medidas aprovadas hoje são os primeiros passos para um gestão sistêmica, com planos, metas e resultados.
Essa postura assumida e defendida pelo presidente JUCA
sinaliza novos tempos , e encadece a chama 🔥 do nosso Partido PMDB.

AVANTE TEMER
AVANTE PMDB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *